Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Fevereiro, 2010

Half

queria ser assento

voei

não fui ao sabor do vento

fiquei

saboreio cada lamento

vinguei

a solidão é o meu sustento

eu sei

Anúncios

Read Full Post »

Avé

à espera de correntes ascendentes

Read Full Post »

Inter-face

nunca te obrigues a cruzar

uma diagonal sem destino

não há caminhos para o mar

ao breve soar do sino

espera que alguém avance

mas não por todos os segundos

não há quem sempre dance

nos abismos profundos

há sinais visíveis da fiel rotina

moldados pelo frio e pela saudade

e cada linha que não se destina

desmonta a cinzenta vaidade

no livro da tua face

longe está o epílogo

e não há capítulo que abrace

a cinza que resta do fogo

Read Full Post »

Não

quero mais

sei quase nada

tento demais

vou por essa porta simulada

Read Full Post »

Batalha em nós


printing in the sand

para quê a paz morta na calmaria do olhar

o sossego hostil não dá poder

não vim para ficar

vim para morrer

>

faço a curva para ver mais atrás

onde tu estás

vejo apenas os meus passos

e os secos sargaços

>

as barreiras são apenas sombras difusas

derrotas doces ao fim de um dia

se fossem amargas, não queria

– assim são as palavras que usas

Read Full Post »

20

twenty years after

to much crap

looking further

is shorter  than a lap

Read Full Post »

Pecado

eram simples encruzilhadas

subindo pela parede suja

palavras soltas, aladas

à frente delas ninguém fuja

esconder

fugir

dizer

sorrir

ser

fingir

nunca o perdão se albarda

fazendo um nó corrediço

cada um em si guarda

poderes de um falso feitiço

sou

não sou


Read Full Post »