Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 22 de Fevereiro, 2010

Inter-face

nunca te obrigues a cruzar

uma diagonal sem destino

não há caminhos para o mar

ao breve soar do sino

espera que alguém avance

mas não por todos os segundos

não há quem sempre dance

nos abismos profundos

há sinais visíveis da fiel rotina

moldados pelo frio e pela saudade

e cada linha que não se destina

desmonta a cinzenta vaidade

no livro da tua face

longe está o epílogo

e não há capítulo que abrace

a cinza que resta do fogo

Read Full Post »