Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 25 de Junho, 2010

que a filosofia é uma cesta de vime. Questiona a parte incerta que não se vê.

A Critica da Razão Pura terá sido escrita na base de uns Schnäpse?

Não pergunto, não entendo, não sei a volta a dar nas ruas apinhadas. Pressinto apenas forças contrárias, buracos negros iluminados.

À condição, escrevo uma ode de 7 palavras, toda a minha dimensão literária cabe numa sebenta. Os floreados são chamativos e aromáticos mas em jarras, em molduras a imitar o antigo ou conquistas mudas de prazer.

Só sei que nada sei, foi  a frase que me valeu o olhar dos colegas de turma e o sarcasmo do professor- hey teacher – marcando uma época e uma desistência mais na vingança atribulada.

O quadro negro será sempre a minha paisagem de sonho. Sonhar a cores é audaz. Viver é errar mas prosseguir. Morrer é errar mas desistir. Sem pausas. Sem fórmulas. Sem círculos. Na matéria e na forma.

Mas isto sou eu a esvaziar a pressão.

Read Full Post »