Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 25 de Setembro, 2010

Aldeia velha

obra ingrata

ciclo banal

quem com sede mata

morre de modo igual

depois de sentir o calor fugaz

levar a semente – não sou capaz

a ansiedade é restolho queimado

a cada dia brota a saudade do passado

Read Full Post »