Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Fevereiro, 2012

pre angulo

nunca fui de fanatismos e extremismos, mas estava capaz de mandar umas pedras por um precipício abaixo.

Ou mesmo um ou outro indiferente a causas e semelhanças.

mas isso era ser um reflexo opaco, na lucidez emaranhada das ideias a quente.

Até partir, serei sempre um abraço à chegada.

Read Full Post »

Diagonal

se fores muitas vezes a escolha

certa ou errada

a falha silenciosa na folha

limpa ou amarrotada

não é por seres imperfeito

no modo como atravessas a sala

que se muda o preconceito

criado pelo chicote que estala

cada letra que se constrói num segundo

nunca será um rascunho

pois não é o eco que não volta

nem o cabelo curto à solta

que faz cerrar este punho

e arrancar as penas do mundo

Read Full Post »

Estar

quando esta dor breve

se torna em sonho inerte

nem toda a palavra serve

se não conseguir dar-te

uma nova janela

onde se veja a ponte antiga

a corrente singela

e a neblina que nos liga

seja hoje o dia de começo

do rompante intenso

pois nem sempre este meu abraço

é o vazio onde pertenço

Read Full Post »

Maria

quando um dia

partiste

revi tudo o que sabia

perdi o que não me ensinaste

mas ao olhar para trás

deste o que foste capaz

pois nem sempre damos

aquilo que não temos

Read Full Post »

Águas

esquecidas todas as tempestades e cores

navegas na noite sem rumo

apenas vou às escuras se tu fores

sigo sempre fora desse fio de prumo

o vento norte que arrefece a proa

torna mais belo o horizonte

se não houver rainha sem coroa

nem cavaleiro negro que te confronte

ao sabor dessas marés vivas

nascem vontades inatas de solidão

nem sempre são correntes negativas

se tiveres a certeza devota que te dou a mão

os minutos passam

as horas voam

mas quando deres corda

vai tudo pela borda

apenas em ti

há lágrimas de rubi

guardadas em nós

por um mar feroz

Read Full Post »

Estatística

e serão outros quinhentos…

Read Full Post »

Red February

The Dream

Not long ago, in a charming dream,
I saw myself -- a king with crown's treasure;
I was in love with you, it seemed,
And heart was beating with a pleasure.
I sang my passion's song by your enchanting knees.
Why, dreams, you didn't prolong my happiness forever?
But gods deprived me not of whole their favor:
I only lost the kingdom of my dreams.

Aleksandr Pushkin

Read Full Post »

Older Posts »