Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 8 de Junho, 2013

Partes

Não, não me sento em muros caiados, nem me deito sob a lua nova. Nem tenho nada que dar ou partir, nem mesmo um livro usado e riscado de notas. Ou um cântaro vazio, sem asa.
Dizem-me que o passado é isso mesmo, já passou, basta apenas puxar de lá as boas memórias. Mas o presente é um todo e não pedaços doces, abraços fortes e lágrimas de riso e alegria. E o futuro não é mais uma próxima etapa que se avizinha. Um arco-íris tem sete cores, não é preto e branco e outra cor simples. Gosto do passado, de todo ele; gosto do presente, dele todo; do futuro, talvez, mas é incerto e tem raízes nos outros dois. E isso é uma multidão. Parte de uma vida com fim.
Mas o muro e a lua são hoje os meus fugazes momentos de abstração. No passado foram outras coisas, nem sempre associadas. Como a melancolia e maré vazia.
Doutros destinos errantes se fará o amanhã. As linhas fazem-se ou farão sentido quando têm o ponto final

Posted from WordPress for Android

Read Full Post »