Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 25 de Outubro, 2013

Sal do meu sangue

Autumn leaves

nunca escrevas com uma faca afiada

em madeira

não digas nada

quando não há sol na eira

há coisas que são apenas intensas na saída

para lá chegar

é preciso fazer ferida

ou ter uma flor do campo para dar

perdido que foi o momento

a fria fé de outro tempo

fica o sal, o sangue e a melodia do vento

Read Full Post »