Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 27 de Dezembro, 2013

Sexta às sete

vasco

tudo o que é amargo

tem sempre algo de doce

mas a isso damos o mundo

tudo o que gostamos

tem um dia uma tempestade

e lavra a ignorância

e nem sempre o mar ao largo

será como nunca o fosse

calmo e fundo

como a alma que amamos

tem dias de inimizade

e outros de circunstância

¯

um copo cheio

esvazia

para chegar ao meio

há que escolher uma via

mas se lá não chegares

há outras para definir

navega em outros mares

que eu vou a seguir

Read Full Post »