Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 16 de Janeiro, 2015

Rédea

quando a inocência é fardo
tudo fica distante
brilham os olhos do gato pardo
a felicidade é um breve instante
seguras as mãos onde nada há
mergulhas no escuro de cada esquina
cada adeus é mais um até já
um farol apagado na neblina
e ainda há tempo para cavalgar
na planície deserta
de correr e chegar
a uma porta incerta
e voltam as coisas simples e banais
de esconder a inveja no baú
onde estão as demais
virtudes que tratas por tu

Posted from WordPress for Android

Anúncios

Read Full Post »