Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Janeiro, 2015

a suprema sorte de ser
uma cortina gasta e rota
de saborear a última gota
da água fria que dá saber
imenso é o mar que se esconde
na maré vazia em noite de lua cheia
livre é a gaivota que grita e volteia
no rumo certo sem saber onde
esse método menor de memória
curta e rotineira
indiferente ao limite e à fronteira
entre o leve infinito e à fútil glória
no combate com o destino
– esse livro aberto por ente incerto –
ergue a mão até ao calar do sino!

Posted from WordPress for Android

Anúncios

Read Full Post »

Outro ano beltrano

2015, o ano para novidades novas e velhos hábitos de monge. Assim se faça a vontade.

Posted from WordPress for Android

Read Full Post »

« Newer Posts