Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 22 de Agosto, 2015

Já faltou mais

do avesso
esse contrário que não emendo
nem com o terço
serei o que vou sendo
escasso
perdi tudo a que sorri
serei ponto final e traço

Posted from WordPress for Android

Read Full Post »

Embargo

se não entendes a minha vida
nunca entenderás a minha morte
pois levarei a minha sorte
a minha poesia esquecida
e no meio das folhas
que caem no Outono
das árvores
nunca jures
nunca sejas dono
da verdade e das escolhas
a minha fé é apenas isso
uma mão fechada
um esquisso
uma longa estrada

Posted from WordPress for Android

Read Full Post »