Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Fim’

baraço

rain-floor-water-wet-drops

Photo via Visualhunt

se fores capaz de ser

poesia tépida no chão da vida

não basta querer

só o descrente acredita

que um dia poderá ter

uma paz infinita

uma nuvem que faz chover

nos olhos da despedida

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

de que lado se entrega um abraço?

como se desfaz um nó de paz

nas duas pontas dum simples baraço?

Read Full Post »

De cisão

julguei um dia
que conseguia
ir à lua
mas ela já era tua
resta a próxima maré cheia
onde as ondas morrem
e os rios correm
para inundar essa alma
em busca de calma
que a espera incendeia
       de repente
       tudo explode
       ninguém pode
       ser igual e diferente
já lá vai o tempo de ser peão
de adoçar o não
de ser mais matéria e menos razão
e voar com os pardais
e deixar que os demais
interpretem os sinais
       neste canto onde descanso
       há luz sombra e penumbra
       e é aqui que a mim pertenço

Posted from WordPress for Android

Read Full Post »