Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Sol’

o sol sem eira

punch-fist-hand-strength-isolated-human-fight

Photo via Visualhunt.com

julguei um dia que o combate

era uma forma de arte

fui à luta e não morri…

mesmo perdendo sorri

pois só assim vês o que vale a pena

o momento exacto de sair de cena

nos bastidores respiras

e todas as máscaras tiras

até seres uma mão aberta

as entrelinhas dum poeta

feito de nostalgia e vento

diluído no firmamento

onde há estrelas e nebulosas

silêncio de tantas prosas!

¨¨¨¨¨¨

se um dia

podia

ser essa metade inteira

agora sou

o lugar onde não estou

o sol sem eira

Anúncios

Read Full Post »

esquecimento

6948969177_72275af5fb_o

Photo credit: Rainshift – http://www.rainshift.com via Visual hunt / CC BY

o nosso mundo

é um segundo

de cada vez

– só tu o vês

e inundas –

das coisas mais profundas

como perder e seguir

como chorar e sorrir

e amanhã é outro dia

uma sala vazia

que preenches com uma dança

e um sonho que ninguém alcança

Read Full Post »

Pavio

candle-smoke-fire-flame-candlelight-extinguish

Photo via VisualHunt.com

 

És uma candeia ao canto do quarto
Às vezes longe, às vezes perto.
Trazes o brilho e a coragem,
Demonstras a fé nesta viagem…

– E eu estou aqui deitado,
Às vezes ao frio, às vezes tapado
(cresce em mim a tempestade)
– Aqueço assim a saudade.

E no frio desta caverna
Húmida e teimosamente eterna,
Pingo a pingo, hoje, amanhã e depois,
Lembro as vidas que não tivemos os dois.
Apenas este pavio
Veio acalmar este frio
Nas mãos, na mente e na alma.
Uma voz suave que acalma…

Cêra.
Quimera.
Sonho.
Coração tamanho.

Read Full Post »

sunset-sky-clouds-orange-grey-dramatic-australia

Photo via Visual Hunt

do outro lado apenas silêncio e emoção

aquilo que é o lema e a paixão

cá deste

nada mais que um vazio abissal

um mar sem sal

sempre neste

fugir do vento e das borboletas

encher de vazio as gavetas

(…)

podia acabar a noite e o abraço

podia vir também a raiva contida

o tremer das pernas a cada passo

só depois se saberia a razão de nada haver nesta vida

Read Full Post »

Por tão pouco

 

old-handle-wood-door-gate-entrance-iron-lock

Photo via VisualHunt.com

não entrei na página incompleta

desse livro de capa nua

pois era tua

e lá não havia frases conhecidas

nem lágrimas perdidas

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

em mim não há meta

o limite nunca se conquista

num céu azul sempre à vista

a percepção não tem retorno

nem o sangue é morno

até ao fim

da minha vida sem mim *

*um filme de Isabel Coixet

Read Full Post »

6335342302_de196e2cf0_m

Photo credit: Wind&Wuthering via Visualhunt.com / CC BY

o meu mundo é satélite
a palavra monólogo
– saciado o apetite,
extinguido o fogo
fica a amargura
do fumo que perdura

ser menos que demais
ler pouco, mas do muito
(por tudo paixão tépida)
sempre barco no cais.
tudo sai por intuito
atrás das cortinas da vida

Read Full Post »

sol

darkness-recording-artist

Photo via Visualhunt.com

um dia o palco fica vazio

a plateia pede mais

um compasso vadio

donde nunca sais

fecha-se o pano e a caixa

o jogo de luzes baixa

amanhã vem o sol semibreve que à dúvida nada deve

Read Full Post »

Older Posts »